quarta-feira, 26 de abril de 2017

ILUSÂO

Tão perto                                                                        
Mª. Laís Fett/ Rio Grande do Sul, Brasil

tão longe de ti 
e de mim.

A lágrima caiu
eu a escondi
longe de ti

E se alguém vê
a lágrima que escondi
longe de ti

Caminho isolada
desnudada, desamparada
a noite é silente
para quem ama
a ilusão se repete e toma ares de gente
espíritos velozes passam por mim
Me desconhecem

Eu subo ao palco
represento minha peça
saio na ilusão do viver
e do esperar
o canto de meus versos
repetidos por essa ilusão

E de novo te encontro
depois de te ter perdido!


Maria Luísa Adães



Visualizações : 305

sábado, 8 de abril de 2017

POETA Eu sou

A alma do poeta me sensibilizou
me tocou bem fundo
no mar encapelado
De tudo que passou                
Maria Luísa


Estamos no meio da tarde
se aproxima lentamente a noite
e eu sinto em ti
um medo forte
De não seres assim tão forte

Procura a hora do entardecer perfumado
e o silêncio de intimo fogo ardente
Abre as janelas fluorescentes
pintadas
pelo acender dos clarões
Da noite fechada

É um final de dia
onde a cor predomina
Num amor ausente

Que o futuro
Não nos seja indiferente!


Maria Luísa Adães


Visualizações :  450